In Gestão Avançada

A Usina de Goioerê, localizada no município de Moreira Sales, também no Paraná, irá começar a safra de 2018/19 já com o sistema operando. O Grupo segue buscando a excelência na operação de seus processos industriais, minimizando as perdas e aumentando o aproveitamento do ART processado.

A implementação em Moreira Sales contempla os módulos de Processo e Energia e tem como objetivo macro a redução das perdas e consequente aumento da eficiência industrial. A unidade busca atingir os patamares de eficiência mais elevados do Grupo, como nas unidades de Terra Rica e Paranacity, que já utilizam o sistema. Esta implementação contará com quatro Laços Fechados com sistema definindo os set-points de operação.

Estes Laços Fechados permeiam toda planta, sendo eles, controle de moenda integrado ao fluxo de caldo, controle integrado do sistema de vapor, fermentação e destilaria.

O Grupo Usaçúcar também está expandindo a abrangência do S-PAA na Usina Rondon, que conta com o Módulo de Energia desde 2013 e nesta safra está implementando os Módulo de Processos e os Laços Fechados de fluxo de caldo, controle integrado do sistema de vapor e fermentação com ART constante, que se somam ao controle de embebição da moenda que já opera desde 2016.

A Usina Rondon é modelo na utilização do S-PAA para acompanhamento do balanço de vapor e obteve diversos
ganhos ao longo as safras com ações de redução de consumo de vapor utilizando as informações do S-PAA, seja em tempo real ou tomando decisões estratégicas com base em informações fornecidas pelo software. Esta redução de consumo é fundamental para a estratégia de geração de energia do Grupo, pois o excedente de bagaço é direcionado para UTEs maiores como as das unidades de Tapejara e Cidade Gaúcha. Estas atuações demonstram o caráter estratégico da utilização do S-PAA no Grupo Usaçúcar

Recent Posts
Translate »